artistas parceiros.

FERNANDO NEVES

Fernando Neves é diretor e pesquisador com um enfoque autoral nas estéticas populares. Herdeiro da tradição do circo-teatro brasileiro ele opera seu trabalho a partir das memórias e documentos de sua família no sentido de criar uma pedagogia para o ator e uma poética de encenação. É um dos diretores da premiada cia. teatral paulistana Os Fofos Encenam. Dirigiu sete espetáculos da ADP e é o principal mestre-pedagogo de seus atores em seu treinamento das máscaras populares do palhaço e do circo-teatro.

JOSÉ ROBERTO JARDIM

Formado pela Escola de Arte Dramática da USP, foi membro fundador e ator da cia. Os Fofos Encenam por 12 anos e hoje desenvolve uma profícua carreira como diretor teatral. Suas criações primam pela busca contemporânea de novas formas de apreensão e percepção do público. Construindo uma cena sonora e visualmente potentes, busca em suas obras borrar os limites entre teatro e artes plásticas. É diretor do espetáculo Adeus, Palhaços Mortos da ADP, o primeiro de uma sequência chamada Trilogia Post Mortem. Atualmente ensaia junto à companhia o segundo trabalho desta parceria: Adeus, Titus Andronicus.

CAROL VIDOTTI

Atriz e produtora. Desevolve sua carreira tanto no teatro quanto nas mídias audio-visuais como cinema, televisão e publicidade tendo atuado em séries de televisão curtas e longas-metragem. É co-fundadora da cia. teatral paulistana Coletivo Labirinto. Trabalha como diretora de produção em projetos da Academia de Palhaços desde 2011.

COLETIVO BIJARI

O Bijari é centro de criação em artes visuais e multimídia. Seu trabalho deriva de uma pesquisa constante situada na convergência entre arte, design e tecnologia, permitindo imprimir novos olhares e significados à comunicação em diferentes plataformas de atuação. Para esta missão reúnem um grupo multidisciplinar de profissionais, composto por artistas, arquitetos, cenógrafos, designers, diretores de vídeo e planejadores. Utilizam a potência gerada por esta equipe para construir experiências estéticas que transforme a relação entre pessoas, espaço e sociedade. Criaram o cenário e a vídeo-instalação do espetáculo Adeus, Palhaços Mortos e já estão trabalhando na próxima peça da companhia. Dos seis sócios da Bijari, Geandre Tomazoni (dir.) e Gustavo Godoy (esq.) são os que encabeçam a parceria criativa com a ADP.

LEOPOLDO PACHECO

Ator de carreira reconhecida no teatro, no cinema e na televisão brasileira, Leopoldo é também um grande artista visual que transita entre artes plásticas, cenografa, figurino e visagismo para teatro. Em seus mais de trinta anos de carreira coleciona troféus e indicações nos principais prêmios do país como Prêmio Shell, Prêmio Governador do Estado, Troféu Mambembe e Prêmio APCA em diversas categorias como Melhor Ator, Melhor Maquiagem, Melhor Figurino e Melhor cenário. Cria visagismo, maquiagem, cenários e figurinos para espetáculos da ADP desde 2011.

BRUNO GARCIA

Ator e iluminador Bruno tem uma intensa produção no teatro paulistano. Fundador da Companhia Zerozero trabalhou com diversos artistas da cena paulista como Balagan teatro, Lume Teatro e Alice K. É ator convidado em todos os espetáculos do projeto O Maravilhoso Teatro Ambulante da Academia de Palhaços, que são apresentados em espaços públicos sob ua Kombi-Palco, são eles: O Teatro Mambembe do Doutor Fracassa, uma adaptação da obra de Artur de AzevedoLágrimas de Mãe, melodrama circense escrito por José Soares; As Desgraças de uma Criança, comédia de Martins PenaNosferatu - o vampiro das sombras, pantomima baseada no filme de F. Murnau; e A Paixão de Cristo segundo São Rubinho, texto inédito escrito pela Academia de Palhaços.

MAURÍCIO SCHENEIDER

Ator gaúcho formado na Universidade Federal de Santa Maria se estabeleceu em São Paulo em 2009. Trabalhou com diversos artistas da cena paulista como Maria Thaís e Marcelo Lazzaratto. É ator convidado em todos os espetáculos do projeto O Maravilhoso Teatro Ambulante da Academia de Palhaços, que são apresentados em espaços públicos sob ua Kombi-Palco, são eles: O Teatro Mambembe do Doutor Fracassa, uma adaptação da obra de Artur de AzevedoLágrimas de Mãe, melodrama circense escrito por José Soares; As Desgraças de uma Criança, comédia de Martins PenaNosferatu - o vampiro das sombras, pantomima baseada no filme de F. Murnau; e A Paixão de Cristo segundo São Rubinho, texto inédito escrito pela Academia de Palhaços.